Bienvenido a la web de Wanceulen Editorial
Whatsapp 693 28 00 93
¡Oferta!

À ESQUINA DO OLHAR

10.00 9.51

ISBN: 9788498232408 Categorías: , , , Etiqueta: Product ID: 20384

Descripción

Compartir

 

“Poesia do sussurro, mas de um sussurro feito de gritos abafados, linguagem de Josefa de Lima equilibra-se num permanente gume de protesto, sem que, todavia, resvale no lirismo protestatário, do mesmo modo que incessantemente avança pelos túneis do espanto, ainda que nunca tombando em abstractas formulações.”

“(…) e de imagens que nos cativam pela tensão dos seus contrários, a contenção das suas elipses, a brusquidão com que deflagram, a penumbra em que se desvanecem.“

“É uma poesia que perturba e destrói o habitual conformismo do leitor, obrigando-o, não raro, a pôr em causa a realidade do mundo em que vive ou, até mesmo, os legítimos fundamentos dessa realidade. Haverá missão mais alta para um poeta?”

Josefa de Lima* é licenciada em Sistemas Europeus de Educação de Infância, tendo feito especialização em Práticas Pedagógicas e Metodologia na Educação de Infância na Universidade Autónoma de Barcelona, ao abrigo do programa Eurasmus. Para além de uma vida ligada ao ensino e à educação, onde chegou a exercer cargos de coordenação e direcção, Josefa de Lima tem repartindo a sua vida entre a imprensa, (Bragança, Lisboa, Algarve) o teatro, a escrita e a rádio. 

No campo do teatro passou por três companhias com papéis de destaque, em algumas delas, porém é no campo da escrita que desde cedo começou a angariar uma legião de fiéis leitores. O seu primeiro livro foi alvo da atenção de David Mourão-Ferreira que prefacia “À Esquina do Olhar”, e que valeu a Menção Honrosa no concurso de poesia “Prémio Internacional da Paz – 1988”; sendo ainda alvo da atenção do Mestre Martins Correia, que ilustrou a capa e contrapa.

“Nascida em Vila Real de Santo António, regressou de Lisboa ao berço do Sul em tempo já de “madureza”. É uma das mais singulares vozes da poesia portuguesa da contemporaneidade.”

Año: 2019

Páginas: 58

Editorial: WANCEULEN POÉTICA (PORTUGAL)